Jogos online: como se divertir sem se viciar

Os jogos online atuais estão ficando cada vez melhores e mais emocionantes, que por muitas vezes nos faz esquecer até o tempo. Você pode até achar que isso seja algo bom, mas a sua mãe deve ficar bem chateada quando o almoço já está pronto e você não pode fechar aquela partida online diariamente.

A tecnologia no geral, são uma excelente ferramenta no mundo moderno: nos trouxe novos tipos de entretenimento, qualidade de imagem e comunicação que parece até realidade. Essas ferramentas vieram ao mundo para nos ajudar a desenvolver a humanidade, no entanto possuem um alto nível de risco e aqui iremos mostrar como evitá-los.

Assuma suas responsabilidades

As empresas desenvolvedoras de jogos, criaram estes com a intenção de gerar entretenimento para as pessoas. Se você utilizar estas ferramentas de modo incorreto ou exageradamente, você será o único prejudicado nesta história.

Se você já está viciado, admita

O primeiro passo para curar qualquer vício é sem dúvidas o reconhecimento pessoal. Alguns sintomas de vício são: jogar várias horas todos os dias, pensamento excessivo no jogo enquanto não está jogando, desinteresse em realizar atividades que havia interesses anteriormente ou de se relacionar socialmente.

Se você perceber um ou mais destes sintomas, tentar reverter a situação por sua conta ou de buscar ajuda. Encontre outras atividades que também te tragam prazer e as substitua pelo jogo em seu tempo livre. Talvez você não precisará largar jogos por completo, mas poderá encontrar algum que te divirta e não seja tão viciante. Tente estipular um tempo máximo para estar na frente do computador ou videogame e cumpra com a sua meta.

Encontre outras formas de diversão

Independente da finalidade, estar na frente de um computador ou aparelho eletrônico por muito tempo pode causar diversos danos a sua saúde, como por exemplo: problemas de postura, visão danificada, dificuldade de socialização, lesão por esforço repetitivo, dores nas costas e na coluna vertebral, entre outros.

Descubra outras atividades que te tragam prazer, como esportes, dança, canto, ir ao cinema ou teatro. Estas atividades além de te darem prazer, também irão de ajudar a estar com o humor lá em cima e também estar bem relacionado socialmente.

Não jogue para esquecer problemas ou prevenir depressão

O jogo, assim como as drogas, muitas vezes são utilizados excessivamente para impedir que a mente se recorde de memórias desagradáveis ou de problemas não resolvidos os quais não queremos lidar. 

Jogar para esquecer de algo não é correto e nem mesmo irá fazer com que os problemas desapareçam, todos nós temos problemas e somos os únicos responsáveis em lidar com eles. A única forma de não se preocupar com um problema que havemos é lidando-o com ele, o jogo é um elemento de diversão e apenas desta forma deverá ser utilizado.